Carregando...
Empatia no atendimento

Empatia no atendimento: como colocar em prática e encantar o cliente

Que o mercado está cada vez mais competitivo, todos nós já sabemos. Marcas disputam a atenção e a preferência dos consumidores em todos os canais e pontos de atendimento.

A partir dessa disputa, os detalhes se tornam fundamentais para se destacar da concorrência.

O atendimento ao cliente, algumas vezes subestimado pelas empresas, surge como grande diferencial.

Sai de cena o tratamento frio, impessoal e automatizado com o consumidor para que o atendimento humanizado os encante.

Ainda não conhece o conceito de atendimento humanizado? Veja mais informações sobre ele e seus benefícios aqui.

Poucas marcas apostam nesse tipo de contato, o que mostra uma oportunidade imensa para quem quer conquistar o cliente.

Aderir à humanização é essencial se a escolha da sua empresa for se conectar genuinamente com as pessoas.

Assim como ocorre no relacionamento pessoal, a empatia mantém saudável a relação entre marca e consumidores. 

É necessário colocar-se na posição do cliente, ouvir e compreender suas necessidades e desejos para oferecer sempre as melhores soluções. 

Convenhamos que essa não é uma tarefa fácil.

Por outro lado, quando se tem critérios de qualidade, você caminha na direção certa para encantar o cliente.

Desenvolvimento da empatia no atendimento ao cliente

Muitas vezes confundido com a ideia de solidariedade, ser empático é saber se colocar no lugar do outro e estar apto a agir diante dessa situação.

A ideia de estabelecer uma comunicação empática no seu atendimento é de construir e alcançar um relacionamento duradouro e positivo com seus clientes.

Existem três pontos chaves para uma comunicação mais empática: 

  1. Compreender a perspectiva do outro.
  2. Sentir o que ele sente. 
  3. Entender o que ele precisa de você.

Quando carregamos esses três pilares para o atendimento ao cliente, percebemos que esse tipo de comunicação pode transformar sua experiência de compra. 

Colocando a empatia em prática no atendimento ao cliente

  1. Conheça seu público

Primeiramente, sua equipe de atendimento precisa conhecer muito bem as personas do seu público alvo.

Assim, seus colaboradores saberão exatamente como conversar com os prospectos e/ou consumidores de forma mais agradável e assertiva.

  1. Pratique a escuta ativa

Ser empático é, antes de tudo, ser um bom ouvinte. 

É se colocar na posição do cliente, entender as suas expectativas e criar a melhor forma de resolver o problema apresentado. 

  1. Trate o cliente de maneira personalizada

Um mesmo problema pode ser encarado de maneiras diferentes pelo seu público.

Cada pessoa é diferente e lida com as adversidades de maneiras diferentes também. 

Por isso, lembre-se da importância de entender a individualidade de cada um e fazer um atendimento personalizado.

Conexões que transformam

Além da empatia no atendimento, é preciso ter conhecimentos e habilidades para colocá-la em prática da maneira mais correta possível. 

Não basta a boa intenção e a disposição. É preciso também os fundamentos base para desempenhar um grande trabalho e conquistar os consumidores. 

Colocar afeto em todas as etapas do atendimento é aquele toque especial que te permitirá estar sempre um passo à frente dos concorrentes. 

Os resultados finais serão os melhores possíveis, materializados no aumento de conversão, satisfação e, por fim, fidelização. 

Podemos considerar a empatia como um dos mais importantes “superpoderes” que trazem mudanças e modificam até mesmo conclusões.

Trata-se de um “superpoder” que, certamente, ajudará a fazer a diferença na sua empresa e o melhor no dia a dia dos colaboradores também.