Jornada de compra: o que é e porque você precisa entendê-la agora


A jornada de compra é a chave para entender o comportamento do cliente. Mas quais são os mistérios que envolvem esse termo tão utilizado atualmente?

Há uma enorme importância em entender o hábito dos clientes, ouvi-los e atende-los da melhor maneira. Cada pessoa busca uma experiência cada vez mais personalizada, o que torna a jornada do consumidor ainda mais necessária.

Mas, na verdade, não há mistério. Neste artigo vamos esclarecer todos os detalhes para te ajudar a entender mais sobre a jornada de compra do consumidor e como ela pode otimizar os resultados da sua empresa.


O que é jornada de compra?


Também conhecida como jornada do consumidor, trata-se do ‘caminho’ que a pessoa percorre até a compra. Desde o primeiro contato com a sua empresa até o momento da compra, onde se torna um cliente, cada passo é mapeado dentro da jornada de compra.

Digamos que o cliente encontrou sua empresa nas redes sociais, se tornou um seguidor e passou a acompanhar suas postagens. Só após um mês, depois de reagir a diversos posts, ele se tornou um comprador.

Quando ele conheceu sua empresa, talvez não estivesse no momento de decisão de compra. Ao longo do tempo, porém, a influência dos posts atraiu a atenção dele, que então passou a considerar comprar o seu produto.

Ao entender o comportamento do consumidor, você consegue tornar sua comunicação e ações de marketing ainda mais assertivas. Além de otimizar seus resultados, você ganhará ainda mais relevância junto aos clientes.


As 4 etapas básicas da jornada de compra


A jornada é construída por etapas importantes para identificar o momento em que o cliente se encontra: aprendizado e descoberta; reconhecimento do problema; consideração da solução; decisão de compra.

A quantidade de fases neste processo pode variar. Antes de definir, porém, é preciso descobrir mais e conhecer a fundo sua persona para traçar uma jornada que realmente faça sentido para o seu consumidor e o seu tipo de produto.

  1. Aprendizado e descoberta
    Na primeira etapa, o potencial cliente ainda imagina que tem um problema ou necessidade específico. Por isso, a missão, aqui, é chamar a atenção da pessoa.É nesta fase de aprendizado que os seus conteúdos devem apresentar dicas e informações cotidianas para conquistar a atenção do público. Assim, ficará mais fácil despertar a vontade de compra nas próximas fases.

  2. Reconhecimento do problema
    A segunda etapa é a de reconhecimento. Trata-se do momento em a pessoa começa a identificar que precisa de algo que sua empresa pode oferecer. Essa é a hora de incentivar o interesse por soluções mais específicas.

    A ideia é que a empresa ofereça um conteúdo que ajude a responder os principais questionamentos que o comprador em potencial já começou a se fazer e motivar cada vez mais a intenção de compra.

  3. Consideração da solução
    Assim chegamos à terceira etapa: consideração da solução. O prospecto já criou o interesse e está pronto para procurar possibilidades.

    É fundamental seguir alimentando a vontade do potencial comprador com informações relevantes que o façam desejar cada vez mais.

    Aposte nos detalhes e assim, a chance de você influenciar ele a chegar à próxima etapa, que é a de decisão, é muito maior.

  4. Decisão de compra
    Nessa etapa final a decisão é o prêmio! A pessoa já passou por todas as etapas anteriores e está pronta para fechar negócio.

    Agora, a missão é convencê-la de que a sua empresa vai entregar a solução que ela precisa com o seu produto.

    Para conquistar de vez o cliente, o ideal é oferecer algo a mais. Mostre algo que realmente solucione o problema, use a criatividade para aguçar o interesse e finalmente conquistar o sim do seu cliente.

    Se você não fizer, seu concorrente certamente vai fazer.

Leia também: Jornada do Cliente: o que é, etapas e como estruturar


Percebeu a importância?


A jornada de compra do cliente é um processo muito poderoso e que faz a diferença. Entender o conceito e a partir dele criar ações personalizadas é uma das maiores dicas do marketing digital profissional para aumentar as chances de sucesso.

E vale a ressalva: não se esqueça de continuar analisando o seu público-alvo. Ao fazer isso você irá sempre estar se atualizando e entendendo cada vez mais o perfil do seu cliente.